4 de dezembro de 2009

A Mulher Da Cadeira De Pregos - Parte IV: Alguém Pegou Meu Caderno

Depois daquele dia, tudo na minha vida parece que tinha desmoronado, as notas estavam caindo, eu estava com febre, e a Carol falava que ia sair da escola. De repente, me deu uma vontade imensamente louca de voltar naquela casa e falar com Jasy, mas ninguém queria ir comigo, e eu não queria ir sozinha. Depois da escola, peguei um caderno qualquer, de qualquer ano, e comecei a desenhar, para distrair o tédio. Entrei no meu quarto e me tranquei lá, deitei na cama de barriga para baixo e comecei a desenhar.

Depois de fazer desenhos inúteis, estava fazendo uma casa, uma casa velha e grande, mas nem sabia porque estava desenhando aquilo, fiz a casa, e depois uma mulher na frente dela, que usava cadeira de rodas, e óculos, porque era cega. Estava começando a ficar com medo de mim mesma, como eu podia desenhar alguma coisa tão parecida com o que eu vivi em um dia de minha vida?

Já era sete da noite. Minha mãe me chamou para o jantar, eu falei que não queria ir, mas ela falou que se eu não fosse, eu também não poderia ir na pizzaria com a Carol e o Mike. Fui, e deixei o desenho em cima da cama. A comida até estava gostosa, com lasanha  e coca cola, mas quando acabei de jantar que voltei para o quarto para recomeçar meus desenhos sem nenhuma criatividade, meu caderno não estava mais em cima da cama.

Fui perguntar para minha mãe se ela tinha visto meu caderno, mas ela falou que eu não tinha ido com ele para a cozinha.

Perguntei para minha irmã, até para o vizinho, procurei o caderno feito louca mas não encontrei. Pensei no que eu tinha desenhado, e que talvez a Carol tivesse ido lá em casa sem me avisar e pegado meu caderno por brincadeira. Depois de horas de tédio sem meu caderno, eu fui dormir, vendo se ele aparecia no dia seguinte. Sem saber porqe, ele estava parecendo muito importante para mim naquele momento, e sabia que Carol ia devolver alguam coisa que era importante para mim.

3 comentários:

Fernanda Cardin disse...

Noossa to adorando essa história ! Muito emocionante e cheia de mistérios... não vejo a hora de ler o resto!

Bella is bad, Bella is dangerous disse...

Obrigada ^^ e desculpa, eu to sem tempo pra escrever tds os dias, e nem sei se um dia ela via acabar tbm xD

Fernanda Cardin disse...

haushuashus sei bem como eh.. eu abandono meu blog as vezes por um tempo tbm :p

Postar um comentário